LEILÃO DO DETRAN RS RIO GRANDE DO SUL
LINKS PATROCINADOS

Neste artigo vamos falar como funciona o Leilão do Detran do Rio Grande do Sul que sempre é uma boa oportunidade para comprar carros usados baratos e outros veículos como motos. Os veículos apreendidos pelo Detran ficam a disposição de seus proprietários em um depósito por um determinado tempo. Como fim do prazo o veículo acaba sendo leiloado. Você pode verificar a data, o local, cidade e horário da realização de cada leilão e ainda a data para visitação pública para examinar os veículos a serem leiloados. Também é possível conferir na relação destes bens a descrição de lote, marca/modelo, ano, placa, chassi, cor, combustível e valor mínimo. Visite http://www.detran.rs.gov.br e clique na opção “leilão – veículos” no menu esquerdo.

O Detran do RS divide os veículos em lotes que podem ser lote de sucata, lote para circulação e lote de resíduo metálico/bicicletas. O lote de sucada são os veículos que não estão aptos à circulação em via pública e, conseqüentemente, tem seu registro baixado na Base Estadual e no RENAVAM. Suas peças, entretanto, estarão liberadas para comercialização. Por isto muita gente compra sucada com o objetivo de desmontar o carro para venda de peças de segunda mão totalmente legalizadas. Já o leilão de lotes de carros para circulação são os veículos considerados aptos a permanecer em circulação, que poderão ter seu registro na Base Estadual e no RENAVAM transferido para outro proprietário e licenciados normalmente. Já os lotes de resíduos metálicos é composto por peças avulsas de veículos sem identificação, disponibilizadas para fins de comercialização e reciclagem.

É importante ficar atento para a data de visitação pública dos lotes que serão leiloados. Esta data acontece no 1º dia útil anterior ao do leilão. É neste dia que o Detran permite conhecer e examinar os bens relacionados no mesmo. Estará sujeita às regras do Centro de Remoção e Depósito responsável pelo depósito do bem.

Pessoas físicas e jurídicas podem participar do leilão do Detran RS. É necessário levar os seguintes documentos para poder participar do leilão: Pessoas Físicas: RG, CPF e Comprovante de Residência. Pessoas Jurídicas: Contrato Social ou cópia autenticada, CNPJ, RG e CPF do representante, com firma reconhecida, comprovando ser seu representante legal; por sócio dirigente, proprietário ou assemelhado com poderes bastantes, e que satisfaça as demais condições do Edital.

Só quem não pode participar do leilão do Detran são os servidores do DETRAN e da Polícia Rodoviária Federal, do DAER/Polícia Estadual, da Polícia Civil, da Brigada Militar, do Órgão Municipal de Fiscalização de Trânsito do município em que se realiza a hasta pública, assim como funcionários do próprio CRD.

Você que arrematar algum lote será responsável por pagar o leiloeiro. O percentual sobre o valor do lote arrematado será classificado de acordo com o tamanho do leilão e estará estipulado no respectivo Edital. Para lotes pequenos de até até 50 veículos o leiloeiro fica com 10% sobre o valor do lote. Para lote médio de 51 a 120 veículos a taxa é de 8% sobre o valor do lote. Para lotes maiores que isto a taxa é de 6% sobre o valor do lote. Veja quando será o próximo leilão do Detran-RS clicando aqui

Se você gostou clique no botão . Para ser avisado quando novos conteúdos forem publicados cadastre seu e-mail clicando aqui ou assine nosso feed. Compartilhe este artigo com seus amigos no Facebook, Twitter, Google e por e-mail:


Categoria:  

Escreva seus comentários. Os melhores serão publicados.